top of page
Buscar
  • Foto do escritorEquipe Experiências e Eventos

Ilha dos Arvoredos é o primeiro atrativo turístico das Américas a receber certificação ambiental internacional selo Green Key


Foto com logo do Green Key - chave verde.

Selo Green Key é o principal prêmio global de excelência em responsabilidade social e sustentabilidade do segmento turístico, e insere a Ilha dos Arvoredos no mapa mundial do Turismo Sustentável.


A Ilha dos Arvoredos, uma ilha autossustentável localizada em Guarujá, litoral de São Paulo, passa a ter o selo Green Key, principal prêmio global de excelência em responsabilidade social e sustentabilidade do segmento turístico. Com isso, a Ilha recebe o título de primeiro e único atrativo turístico das Américas e do Hemisfério Sul a ter esta certificação ambiental internacional, consolidando-se ainda mais como referência mundial que promove a Educação Ambiental para a Sustentabilidade.


O selo Green Key é um selo ambiental internacional para instalações turísticas. Desde 1994, ele tem sido um dos principais programas de excelência em responsabilidade ambiental e operação sustentável na indústria do turismo. O Programa Green Key é gerido internacionalmente pela Foundation for Environmental Education (FEE), sediada na Dinamarca, representada no Brasil pelo Instituto Ambientes em Rede (IAR). 


Mais de 4 mil estabelecimentos em 60 países possuem a certificação, concedida a equipamentos de hospedagem, parques de campismo, centros de eventos, restaurantes e atrativos turísticos, como museus, centros de visitantes e parques temáticos. E o selo Green Key, ao exigir elevados padrões ambientais, apresenta aos visitantes a opção de escolherem empreendimentos que efetivamente contribuem para um planeta mais sustentável


Ilha é único atrativo turístico certificado nas Américas e no Brasil -  Dos mais de 4 mil selos Green Key em todo o planeta, apenas 67 são atrativos turísticos como museus, centros de visitantes e parques temáticos. A Ilha dos Arvoredos torna-se agora o único atrativo localizado nas Américas e do Hemisfério Sul, sendo os demais concentrados na Europa e na Ásia. 


Com fins educativos, científicos e de ecoturismo, a Ilha dos Arvoredos foi projetada nas décadas de 1950 e 1960 pelo engenheiro Fernando Eduardo Lee para ser um verdadeiro laboratório a céu aberto, com recursos e tecnologias sustentáveis para demonstrar a importância da relação harmoniosa com o meio ambiente. Seu sistema de gestão é pautado nos critérios do Green Key.


Por meio do Projeto Mundo Sustentável, uma parceria entre a Fundação Fernando Eduardo Lee (FFEL) e o Instituto Nova Maré (INMAR), a Ilha está aberta à visitação ecoturística colaborativa desde 2021, apresentando as melhores práticas para uma atração turística sustentável, compromisso agora atestado com a conquista do selo. 


Logo: Green Key - chave verde.

Reconhecimento - Para conquistar a certificação, a Ilha dos Arvoredos passou por um processo de avaliação de documentação e de seu sistema de gestão, além de auditoria externa, realizada no dia 23 de Dezembro de 2023, seguindo rigorosos critérios. E após a aprovação, os níveis de excelência devem ser mantidos, pois serão continuamente avaliados em inspeções regulares para manutenção do selo.


Para a pesquisadora e conselheira da Fundação Fernando Eduardo Lee, Profa Dra Priscilla Bonini Ribeiro, “a conquista do selo é a materialização do anseio em apresentar a ilha como uma grande referência ambiental. Nos sentimos extremamente honrados. É motivo de orgulho não apenas para nós, pesquisadores, mas para todos os colaboradores, parceiros e, principalmente, um prestígio e referência para a comunidade, para que reconheçam e contribuam com as ações de preservação do nosso planeta para as gerações futuras”, ressalta Priscilla, que elaborou em sua tese de doutorado o modelo de Educação Ambiental que embasa o programa de visitação.


Foi um trabalho focado durante meses para preparar a documentação e manter os critérios estabelecidos dentro de padrão de excelência que permitiram a conquista do selo. Para Bruno Tacon Cardoso, engenheiro ambiental, presidente do Instituto Nova Maré (INMAR) e responsável pela condução do processo para obtenção do selo, “o título de primeira Atração Turística Sustentável do Hemisfério Sul e das Américas com o Green Key valida o legado que Fernando Lee nos deixou, Brasil já foi protagonistas em sustentabilidade no passado, podemos retomar essa visão e colocar a Ilha dos Arvoredos como um grande símbolo de que é possível termos um mundo sustentável. Mostramos que é possível, agora esperamos incentivar outros pontos verdes no mapa mundial do Turismo Sustentável".


Leana Bernardi, coordenadora nacional do programa Green Key no Brasil, expressa sua satisfação: “É com imensa alegria que compartilhamos esta conquista marcante para o Programa Green Key no Brasil. Além de ser um indicador de comprometimento com a sustentabilidade, o Green Key responde de maneira proativa à crescente demanda por um turismo mais consciente e integrado com os temas atuais. O programa Green Key oferece alternativas para turistas que buscam opções de viagem e entretenimento com valores ambientais, sociais e responsáveis”.


Movimento mundial pela Sustentabilidade - Os objetivos do Green Key em todo o mundo é estimular o aumento do uso de métodos operacionais e tecnologias ecologicamente amigáveis e sustentáveis nos empreendimentos da indústria do turismo em geral. A Ilha dos Arvoredos consolida-se como um exemplo pioneiro em Sustentabilidade no planeta a partir de sua tradicional missão de cunho científico e educacional atrelado à sua essência.


Confira mais informações sobre o Selo Green Key:

Green Key Brasil: https://greenkey.org.br/

26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page