top of page
Buscar
  • Foto do escritorEquipe Negócios

O que é e Como promover o Desenvolvimento Sustentável dentro da empresa?

 

Com ESG sendo uma pauta crescente no mercado empresarial como um todo, empresários se veem cada vez mais buscando promover o desenvolvimento sustentável dentro de suas empresas. Mas afinal, o que é Desenvolvimento Sustentável, e como conquistá-lo?


desenvolvimento sustentável

O que é desenvolvimento sustentável?


Desenvolvimento sustentável nada mais é do que alinhar o crescimento econômico de uma empresa à sua Responsabilidade Corporativa, em relação ao meio ambiente, sociedade que está inserida, colaboradores e outros stakeholders, com o objetivo de preservar recursos naturais para as gerações futuras e proporcionar qualidade de vida agora e sempre.


É uma forma de assegurar que o crescimento econômico não seja alcançado às custas do bem-estar social, mas sim promover equidade social, buscando a inclusão de todos os indivíduos, a redução das desigualdades e o respeito aos direitos humanos. Assim como, impedir degradação ambiental adotando práticas sustentáveis que garantam a conservação dos recursos naturais, a mitigação das mudanças climáticas e a proteção da biodiversidade.


Qual é a relação entre sustentabilidade e desenvolvimento sustentável?


Basicamente, a sustentabilidade é a teoria e o desenvolvimento sustentável é a prática. Sustentabilidade é o equilibrio entre atender as necessidades de consumo e produtividade, sem comprometer os recursos futuros ou impactar negativamente as pessoas, a economia e o meio ambiente, fazendo uso de soluções inovadoras e que gerem retorno financeiro no médio e longo prazo. 

O desenvolvimento sustentável somente ocorre quando esses três pilares crescem em equilíbrio:


Pilar Social: impulsiona o bem-estar humano, a equidade, a justiça social e a melhoria da vida. Compreende iniciativas voltadas para os direitos humanos, a erradicação da pobreza, o acesso à educação, saúde, segurança e participação democrática. Inclui ainda a promoção da igualdade de gênero, inclusão, capacitação das comunidades e asseguração de condições de vida dignas.


Pilar Ambiental: fomenta a preservação e defesa do meio ambiente, da biodiversidade, dos recursos naturais e dos ecossistemas. Engloba a adoção de práticas sustentáveis para reduzir os impactos negativos das atividades humanas, como o uso consciente de recursos finitos, a diminuição da emissão de poluentes como os GEEs, a proteção da fauna e flora, a gestão adequada dos resíduos e o emprego de energias renováveis.


Pilar Econômico: representa a vertente do desenvolvimento que procura harmonizar o crescimento econômico com a preservação dos recursos naturais e a justiça social. Busca fortalecer uma economia inclusiva e sustentável, com criação de empregos, avanços na inovação, promoção da eficiência energética, estímulo à produção e consumo responsáveis.


O desenvolvimento sustentável requer a adoção de práticas sustentáveis. Se uma empresa, por exemplo, desmata uma área sem se preocupar com a sua regeneração, eventualmente perderá sua produtividade devido à escassez de recursos. Da mesma forma, a desigualdade social impede o acesso ao consumo para determinados grupos, o que também impacta os negócios. Essa interdependência se aplica a todas as áreas, portanto, promover a adoção de tecnologias limpas e eficientes, o uso consciente dos recursos naturais e a busca pela equidade são princípios fundamentais para um desenvolvimento genuíno.




desenvolvimento sustentavel empresa

Importância do desenvolvimento sustentável


Sustentabilidade já não é vista apenas como um acréscimo à estratégia da empresa, mas como uma necessidade. Visto que foi entendido que não haverá um futuro sadio se não regenerarmos o meio ambiente e zelarmos pelas pessoas. 


A contribuição das organizações do segundo setor é de extrema importância  uma vez que elas desempenham um papel central na economia global e têm um impacto significativo na sociedade e no meio ambiente. Para isso é fundamental adotar práticas sustentáveis! Os benefícios para as empresas de adotar tais práticas incluem: redução de custos operacionais, melhor reputação aos olhos de clientes e investidores, atração de talentos engajados com a causa, e vantagens competitivas para as organizações, visto que desenvolvimento sustentável está diretamente relacionado à inovação, impulsionando desenvolvimento de tecnologias, produtos sustentáveis, e a geração de soluções criativas que se destacam.


Ao investir em pesquisa e desenvolvimento de soluções ecoeficientes, as organizações são capazes de contribuir para resolver desafios ambientais e atender às necessidades da sociedade.


Investidores do mundo todo estão atentos aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) que devem ser alcançados até 2030. Por isso, têm dado preferência para empresas sustentáveis e comprometidas com a solução desses desafios.


Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU são uma iniciativa global que visa mitigar os desafios mais urgentes enfrentados pela humanidade até o ano de 2030. Eles são compostos por 17 metas e estão interconectados abordando as questões sociais, econômicas e ambientais, reconhecendo que esses aspectos são inseparáveis e devem ser abordados de forma integrada. E acabam servindo com um caminho  para que governos, empresas, organizações da sociedade civil e indivíduos trabalhem em conjunto na construção de um futuro mais sustentável e inclusivo.


Como promover o desenvolvimento sustentável?



7 estratégias fundamentais para impulsionar o desenvolvimento sustentável:


1. Cultive uma uma cultura organizacional voltada para a sustentabilidade: 

Compreenda o papel essencial que a sustentabilidade desempenha no mundo corporativo, incorporando-a na estratégia organizacional e incentivando o engajamento de todos os colaboradores.


2. Priorize o bem-estar dos funcionários: 

Implemente programas de responsabilidade social corporativa, diversidade, e inclusão, assegurando a igualdade de oportunidades e a inclusão de diferentes grupos da sociedade. Reconheça que o capital humano é o recurso mais valioso da empresa, sem colaboradores especializados e engajados, não há desenvolvimento.  Investir em ambientes seguros e acolhedores, e praticar valorização do trabalho dos colaboradores resulta em maior produtividade e motivação, que gera retenção de talentos e resulta em conquistas empresariais mais expressivas.


3. Aumente o impacto social em seu raio de atuação:

Invista em ações de apoio à comunidades locais, grupos em estado de vulnerabilidade, projetos educacionais, saúde e bem-estar, entre outros. 


4. Reduza o desperdício: 

É essencial incorporar no dia-a-dia da empresa medidas como abolição de descartáveis, processos de separação de resíduos recicláveis e orgânicos, e sua destinação correta (para cooperativas e compostagem), assim como fazer uso de reutilização de materiais e trabalhar com logística reversa, diminuindo a quantidade de resíduos enviados para aterros sanitários e contribuindo para uma economia circular. Bem como optar por projetos e produtos que minimizem ou eliminem a geração de resíduos, que visam o conserto de materiais e reaproveitamento de outros, a fim de evitar o descarte desenfreado dos resíduos.


5.  Priorize fornecedores sustentáveis e desenvolva produtos sustentáveis:

Para promover uma teia de sustentabilidade, é crucial estabelecer parcerias com fornecedores e outros stakeholders que compartilhem dos mesmos valores e práticas sustentáveis. É importante também, para  fortalecimento de imagem da marca, comunicar de forma transparente, as práticas adotadas e detalhamento de toda a cadeia de produção, desde extração de recursos, até manufatura, venda, uso, e descarte do produto. 


Aqui refletimos sobre os manteriais usados nos produtos vendidos, e seu meio de produção. É essencial criar produtos com designs que geram o menor impacto ambiental em todas as etapas de seu ciclo de vida, considerando materiais sustentáveis e processos mais eficientes, que contribuem para a circularidade, em oposição a criar produtos com impactos negativos altos, e elaborar meios de minimizar seus danos ta etapa do descarte.


6. Opte por equipamentos de baixo consumo energético: 


Além de investir em energias limpas como a solar, ou eólica, o que reduz a dependência de combustíveis fósseis e contribui para a diminuição das emissões de gases de efeito estufa, é interessante também pensar em iluminação e ventilação natural, as quais além de reduzir a dependência de energia elétrica e custos operacionais, também proporcionam conforto e bem-estar aos indivíduos.


No mais, é igualmente importante pensar em eficiencia energética,  para reduzir o consumo de energia, ou seja, adotar o uso de equipamentos mais eficientes, sistemas de iluminação LED e gestão inteligente desses recursos.


7. Procure sempre evoluir, mantenha-se atualizado e seja inovador: 

Por fim, é fundamental manter-se atualizado com as inovações e tendências do mercado, uma vez que soluções simples podem ter grandes impactos na empresa. A aprendizagem constante e a capacidade de se adaptar às mudanças são vitais para promover um desenvolvimento sustentável de maneira eficaz e contínua.


E a sua empresa? Já está caminhando para um futuro mais sustentável? Entre em contato com o time de especialistas do Instituto Nova Maré, e saiba como podemos te ajudar!


728 visualizações0 comentário

留言


bottom of page